A tradicional homenagem a São Cristóvão, padroeiro dos motoristas, foi realizada nesse domingo (24/7), um dia antes da data oficial. Promovida pelo Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas do Centro Oeste Mineiro (Setcom) e Associação Comercial e Industrial de Contagem (Acic), a festividade, que neste ano está em sua 13ª edição, começou com uma missa no local onde está sendo construída a nova sede da Setcom, para abençoar o espaço.

Após a missa, o grupo seguiu em uma carreata que fez a primeira passagem sobre a Trincheira do Itaú, e terminou no estacionamento em frente à Faculdade Una, onde foram oferecidos diversos serviços sociais, e realizados sorteios e shows.

Carlin destacou a construção da maior obra de mobilidade urbana de Contagem nos últimos 30 anos, a Trincheira do Itaú, que visa diminuir os impactos do trânsito e contribuir para os motoristas e principalmente os caminhoneiros que transitam diariamente na Cidade Industrial. Moura agradeceu a Deus e a São Cristóvão, e reafirmou compromissos que estão sendo cumpridos em favor dos motoristas, como o recapeamento total da Via Expressa, a construção de três viadutos e de quatro novas avenidas sanitárias, e pavimentação em mais de 220 vias.

Integrante da diretoria do sindicato e organizador da festa, Helio Pires agradeceu ao prefeito em nome de todos os motoristas. “Quero muito agradecer ao apoio que foi dado esse ano. Escolhemos a futura sede do Setcom para que São Cristóvão abençoe o nosso trabalho, porque o novo local é uma luta de mais de quatro anos do sindicato, e todos sabem que está sendo muito difícil”.

O padre Aloísio, capelão do Hospital São Francisco em BH e responsável pela missa, agradeceu a Deus por ter enviado São Cristóvão. “Ele se formou na mesma escola de Jesus Cristo, e nos deu um exemplo de santidade. Que ele esteja à frente de cada motorista e seja o seu protetor”, disse.

Também participaram das atividades o presidente interino da Transcon, Rodrigo Tomáz; o vice-presidente do PCdoB Contagem, Fagner Tatu; o secretário-adjunto de Governo, Flávio Magelo; o vice-presidente da Conparq, Bruno Bianor; e outros militantes do PCdoB.