Carlin Moura visita Economia Solidária e Banco de Alimentos

O prefeito Carlin Moura visitou a sede administrativa da Economia Solidária e do Banco de Alimentos, no bairro Água Branca, na última quinta-feira (23/6). A Economia Solidaria foi implantada no governo do PCdoB, em 2013, e já conta com nove pontos fixos de comercialização gerando renda direta a 276 empreendimentos no setor de artesanato e alimentação, beneficiando 880 famílias.

Contagem foi a primeira cidade no Estado a aderir ao Cadastro Nacional de Economia Solidária (Cadsol), em parceria com o Estado. É um programa pautado pelas relações de cooperação, pelo fortalecimento do grupo e das comunidades. Muitos cadastrados também encontram no Economia Solidária o sustento para suas famílias.

O programa tem dado certo, devido o apoio do governo do PCdoB e as parcerias nas áreas de treinamento, capacitação e orientação. “No momento de crise, ideias inovadoras e criativas fazem toda a diferença. Estamos dando a oportunidade às pessoas para mostrarem ao mundo a arte, seja no artesanato ou na culinária”.

O Banco de Alimentos é outro importante equipamento e uma grande conquista para a população de Contagem. Os alimentos são captados de 420 produtores da Agricultura Familiar, oriundos de 30 municípios de Minas Gerais e conta também com a parceria de várias empresas.

O presidente do PCdoB-Contagem, Pedro Amaral, acredita que Contagem avançou muito nos
últimos três anos. “A cidade recebeu obras e investimentos que resultaram numa melhor qualidade de vida e abriu novas perspectivas para populações mais carentes”, concluiu.

Repórter Deiwson Magal
Jornalista PCdoB-Contagem