A coligação PCdoB/PT nas eleições para a Câmara Municipal saiu-se vitoriosa, com mais votos nominais, 48.479, e a que elegeu o maior número de vereadores, ocupando cinco cadeiras na próxima legislatura. Foram reeleitos os vereadores Rogério Marreco (3.738 votos) e Jair Tropical (3.610 votos). Já Silvinha Dudu ocupará novamente uma das cadeiras na Câmara Municipal entre 2017 e 2020, sendo eleita com 3.433 votos. O quarto vereador eleito é um estreante no legislativo: Vinícius Faria, irmão do deputado estadual Ricardo Faria (PCdoB), eleito com 3.428. O quinto vereador eleito na coligação foi o petista Zé Antônio, com 3.393 votos.

O comunista Duda obteve 3.455 votos, sendo o terceiro mais votado da coligação, porém teve seu requerimento de registro de candidatura indeferido pela Justiça Eleitoral. O candidato recorre da decisão e, se tiver êxito em seu pleito, ocupará a cadeira na Câmara em 2017 no lugar de Zé Antônio.

Para o presidente municipal do PCdoB, Pedro Amaral, o resultado nas urnas mostra que a direção do partido montou a melhor chapa de vereadores nas eleições municipais. “Optamos por lançar candidatos identificados com o projeto do PCdoB, que apoiavam o governo Carlin Moura. Escolhemos lideranças de toda a cidade, com perfis diversificados. Os quatro vereadores comunistas eleitos farão um brilhante trabalho na Câmara Municipal durante os próximos quatro anos”.

O prefeito Carlin Moura destaca o trabalho dos vereadores eleitos pelo PCdoB. “A reeleição de Jair e Marreco premiam o sólido trabalho feito por eles em suas bases, sempre atuando em prol da população de Contagem. Fico feliz também pela volta de Silvinha Dudu à Câmara, uma mulher competente e compromissada com o povo, e com a eleição do jovem Vinícius Faria, que levará à Câmara um olhar novo, diferenciado e sempre buscando soluções para melhorar a vida das pessoas”.

Com a eleição de Rogério Marreco, Jair Tropical, Silvinha Dudu e Vinícius Faria, o PCdoB terá a maior bancada na Câmara Municipal durante a legislatura 2017-2020. Entre os suplentes da coligação, estão os petistas Obelino e Zé de Souza, e os comunistas Fatinha do Manancial e Luana Torres.