Na solenidade, o prefeito Carlin destacou mais uma obra para a cidade: o recapeamento da Via Expressa

Contagem inicia a construção do primeiro terminal de integração de ônibus do município. O terminal será construído às margens da Via Expressa, no bairro Petrolândia. Além disso, a região vai ganhar também mais um viaduto. O prefeito de Contagem, Carlin Moura, assinou na quinta-feira (3) a ordem de serviço para a construção do terminal, Estação Petrolândia, e do viaduto do Petrolândia. Serão investidos mais de R$ 20 milhões nas obras, que beneficiarão mais de 80 mil pessoas, entre passageiros do sistema público de transporte e motoristas que trafegam na região.

O prefeito Carlin Moura, que articulou diretamente com o governo federal a liberação dos recursos, destaca a importância das obras de mobilidade urbana na cidade. “Em Contagem, combatemos a crise econômica nacional e mundial com obras e investimentos. Faremos um conjunto de obras para melhorar a mobilidade urbana e o transporte público na cidade, sempre visando que os bairros e regiões dialoguem melhor entre si. Assinamos a Ordem de Serviço para início das obras do Terminal e do Viaduto Petrolândia, e já agilizamos os projetos para iniciar a licitação dos terminais Ressaca e Nova Contagem”. Moura ressaltou, ainda, que o objetivo central das obras é a qualidade vida da população. “Estamos fazendo obras no trânsito, visando implantar um novo modelo de transporte público, colocando Contagem em sintonia com as grandes cidades do país e garantindo mais qualidade de vida para a população”.

O vice-presidente da Transcon, Rodrigo Tomáz, falou sobre a agilidade no trânsito que a Estação Petrolândia proporcionará à região. “Será o primeiro terminal de integração de ônibus da cidade, em que o passageiro pode se deslocar para diversos pontos da cidade pagando apenas uma passagem. Mais de 10 linhas de ônibus acessarão o terminal, com cerca de 650 viagens por dia, com expectativa de média diária entre 25 e 30 mil passageiros”, frisou.

O deputado estadual Ricardo Faria reforçou sobre os benefícios das obras. “Esse terminal garante um direito básico e sagrado para a população: o direito de ir e vir”. Já o deputado Geraldo Pimenta destacou o caráter metropolitano da obra. “O terminal beneficiará também a população de Betim. É mais qualidade de vida e rapidez no transporte para milhares de pessoas”. Para o vereador Jair do Tropical, morador da região, “é um dia de alegria para nossa comunidade. A região do Petrolândia passou a ser respeitada e a ter obras de verdade a partir dessa gestão”.

As obras fazem parte do Plano de Mobilidade Urbana de Contagem, que incluem a Trincheira do Itaú, já em fase final de execuções, e a construção de outros dois viadutos, na avenida Teleférico, sobre a BR-040, e outro na avenida das Américas, sobre a Severino Ballesteros, próximo ao Shopping Contagem, com início das obras para as próximas semanas. Além disso, já estão em processo de licitação a construção de mais dois terminais de ônibus, nas regiões Nova Contagem e Ressaca, com objetivo de interligar o transporte público.

O viaduto e o Terminal Petrolândia fazem parte do PAC Mobilidade – Médias Cidades, em convênio com o governo federal. Em todo o pacote de obras de mobilidade urbana, serão investidos cerca de R$ 220 milhões, obtidos via financiamento da Caixa Econômica Federal. Contagem foi o primeiro município do país a conseguir recursos por meio deste programa.

Obras na Via Expressa
Durante a solenidade, o prefeito Carlin destacou mais uma obra para a cidade: o recapeamento da Via Expressa. “Recebemos a informação do DER/MG que nossa proposta de parceria para as obras de total recapeamento da Via Expressa foi aprovada pelo governo estadual. Já temos parte dos recursos garantidas pelo município por meio do PAC Mobilidade. Agora, recebemos o aval do governador para mais R$ 15 milhões. Assim, já estamos em fase adiantada de projetos para iniciarmos o processo licitatório”.

Fonte: O Tempo Contagem