A Prefeitura Municipal de Contagem já trabalha na retomada do Projeto Segurança com Cidadania, uma parceria com a Organização das Nações Unidas (ONU), que promove um conjunto de ações de prevenção à violência na regional do Nacional.

  • Facebook
  • Twitter

Guarda Municipal de Contagem

A primeira medida tomada foi a recomposição dos representantes do governo no comitê local do programa. E, na próxima sexta-feira (15), Contagem receberá o embaixador da ONU no Brasil, Jorge Chediek, para visitar o território de execução do projeto.

Na última quarta-feira (6), a consultora do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), Aline Pedra, esteve na Prefeitura de Contagem e fez uma apresentação geral do projeto. A reunião contou com representantes das Secretarias Municipais de Defesa Social, Desenvolvimento Social, Educação, Saúde e Planejamento, além da Polícia Militar e da Regional Nacional.

O Projeto Segurança com Cidadania tem suas ações discutas e aprovadas por um comitê local, formado por representantes da prefeitura e da comunidade, responsável por gerir o projeto. Apenas três cidades no Brasil foram contempladas pelo programa. O projeto é financiado pela ONU, por meio de seis agências internacionais.

O Programa Conjunto

O “Segurança com Cidadania” é um programa voltado para crianças, adolescentes e jovens, que busca prevenir a violência, criando ambientes mais seguros e saudáveis por meio de um Plano Integral com ações projetadas em diálogo com a comunidade. É financiado pelo Fundo Espanhol para o Alcance dos Objetivos do Desenvolvimento do Milênio e é uma iniciativa conjunta da Organização das Nações Unidas (ONU), Ministério da Justiça, Agência Brasileira de Cooperação e os três municípios Brasileiros selecionados para esta inovadora experiência Contagem (MG), Lauro de Freitas (BA) e Vitória (ES).

O Plano Integral Segurança com Cidadania de Contagem é constituído de 8 programas estratégicos cujos produtos serão desenvolvidos ao longo dos próximos 5 anos, a partir do esforço coletivo da comunidade local, do governo municipal, estadual e federal, da iniciativa privada e do terceiro setor.

Por Cristiane Oliveira
Foto: Fredericus Augustus