Está em construção o primeiro Restaurante Popular de Contagem. O espaço terá capacidade para oferecer 4 mil refeições por dia, no valor de R$ 2,00 cada. O Restaurante Popular está sendo construído na rua Madre Margherita Fontanareza, no bairro Eldorado. O cardápio será variado e as refeições serão elaboradas respeitando as características e hábitos alimentares dos contagenses, com critérios nutricionais apurados.

  • Facebook
  • Twitter

Maquete ilustra estrutura do primeiro Restaurante Popular de Contagem

O restaurante popular é uma das prioridades da atual gestão e foi anunciado pelo prefeito Carlin Moura no evento que marcou os 100 dias de governo, em abril. Os recursos para a construção são 100% do governo municipal. “Contagem precisava de um restaurante popular. Esse é um dos passos para a implantação de uma política de segurança alimentar de verdade no município, visando erradicar a fome e a extrema pobreza no município.” disse Carlin Moura, ressaltando o caráter social da obra. 

Para o secretário de Desenvolvimento Social, professor Carlinhos, esse é um importante passo para o município. “Mesmo com o orçamento apertado e com o momento financeiro difícil que os municípios enfrentam, a atual gestão assumiu o compromisso de fundar o primeiro restaurante popular já em 2013. Essa é uma conquista importante para a população contagense”.

Estrutura

O Restaurante Popular, além de representar um ganho importante na política de segurança alimentar, também ofertará novas vagas de emprego no município. A previsão é que trabalhem cerca de 58 funcionários entre eles nutricionistas, chefes de cozinha, cozinheiros, auxiliares e saladeiros, além de profissionais administrativos, contábeis e financeiros.

Serão aproximadamente mil metros quadrados de área construída, em dois níveis, com capacidade para servir 4 mil refeições por dia. Além de investir na infraestrutura do prédio e na manutenção do Restaurante Popular, o município arcará com cerca de R$ 140 mil por mês para subsidiar o valor das refeições.
As refeições serão oferecidas de segunda a sexta-feira, das 10h30 às 14h. Elaboradas por nutricionistas, conterão, além dos tradicionais arroz e feijão, opções de carne, guarnição e uma opção de fruta por dia. “A ideia é servir fruta, alternando o tipo a cada dia, pois tem maior valor nutricional. Além disso, teremos bebedouros na entrada e na saída”, afirma a secretária-adjunta de Desenvolvimento Social, Marilene Pimenta.

Restaurante Popular

• 4 mil refeições por dia
• Cada refeição custará R$ 2,00
• 100% dos recursos da prefeitura
• Funcionará de 2ª à 6ª feira, das 10h30 às 14h
• 58 funcionários
• 1 mil metros quadrados de área construída

Por Cristiane Oliveira