O pré-candidato à reeleição, Carlin Moura, recebeu o apoio formal de dois importantes partidos de cidade: os partidos Trabalhista Cristão (PTC) e da Mobilização Nacional (PMN) Os dois partidos realizaram convenção na quarta-feira (20/7), no Hotel Manferrari, no Eldorado. Além disso, PTC e PMN lançaram chapa composta por 32 candidatos à Câmara Municipal, com objetivo de eleger dois vereadores.

Para Carlin, o apoio do PTC e do PMN, na primeira convenção na cidade, mostra o apoio ao projeto do PCdoB. “Tudo o que a gestão do PCdoB construiu em Contagem, foi fruto de diálogo com os partidos, ouvindo os representantes de classes e, principalmente, ouvindo o povo. Fizemos um governo de transparência e participação popular, com definição de prioridades, sempre em acordo com a população. Assim, construímos a nova UPA JK e a maternidade, vamos entregar a Trincheira do Itaú no mês que vem e realizamos diversos programas e projetos sociais”.

O presidente do PMN, João Bosco New Texas, afirmou que o partido deliberou de forma acertada ao decidir por uma coligação majoritária com o PCdoB. “Carlin Moura é a melhor opção para Contagem. A proposta foi colocada para o diretório e para os militantes do partido e, por unanimidade, aprovaram o apoio à reeleição de Carlin”.

O PTC foi representado pelo presidente interino do partido, Flávio Lima da Silva (Xingu). Para ele, a coligação favorece aos dois partidos. “A nova legislação eleitoral vai permitir uma campanha nivelada e um pleito justo. As novas regras impõem aos pré-candidatos um trabalho mais corpo a corpo”.

Para o pré-candidato a vereador Fábio Medeiros, a aliança com o governo facilitará a campanha. “Outro dia tive a oportunidade de conversar com uma pessoa sobre uma unidade de saúde da minha região, pois havia boatos falsos sobre um médico no local. Na rua do meu restaurante, há uma câmera do “Olho Vivo”, instalada nesse governo. É importante a gente conhecer o prefeito e as obras desenvolvidas na cidade, porque são muitas”.